Guapuruvu-Pg.2
Inicio
Voltar
.
Apos 60 anos, a
Guapuruvu plantada em 1954 produziu sementes...
 ( Especie com risco de extinção )    ouça a interessante descrição ->   http://www.youtube.com/watch?v=CfCmZOaTZqA
 Em 2014 as Guapuruvus começaram também a integrar o Plano - Reversão Florestal
After 60 years a Guapuruvu-tree provided seeds ( Jan/2014 ) .   Seedlings were planted - check its growth below
Specie deemed to extinction due to  overharvesting . . .


Guapuruvu-Pg.2
Inicio
Voltar
Guapuruvu (abaixo) após 18 meses do plantio (Fev-2014) - 6.5 Mts  - Escada :   6 metros em Set/2015

...
Guapuruvu (abaixo), após 12 meses do plantio (Fev-2014)
- crescimento extraordinario - 4 (quatro) metros!
See below growth  after  12  months.   - something  absolutely unusual - 4 (four) meters 
                                                                              
Guapuruvu-Pg.2
Inicio
Voltar
Durante os primeiros anos de crescimento, o caule do Guapuruvu é impreganado de uma substancia colante que impede a SAUVA (formiga) subir até as folhas para devora-las !
...
A Characteristic of the GUAPURUVU is, that during the early years of its growth, while young trees are vulnerable,
these STEMS are covered by a sort of glue that prevents ANTS to climb reaching and
devouring the leaves .

...

...
Guapuruvu-Pg.2
Inicio
Voltar
Guapuruvu (abaixo), após 11 meses da data do plantio atingiu 3,50 metros

Guapuruvu-Pg.2
Inicio
Voltar
Guapuruvu com 12 meses em Fev-2015 - atingiu 3,60 m  na  área 'Decantação' - semente "Castanheiras"
 
This Guapuruvu after 12 months  in another side of the farm reched 3,60 m (out of local seed )

  Esta Guapuruvu após 60 anos (Janeiro - 2014) produziu as primeiras sementes, colhidas pelos viveiristas ao lado

     Veja no Youtube a técnica da extração da arvore e sua canoa =>
 Do tronco do Guapuruvu fazem-se
    Out of that wood fishermen were provided   
 https://www.youtube.com/watch?v=zxKTn6EWlTc
canoas
  utilizadas pelos pescadores
 with dugout canoes for fishing


Guapuruvu-Pg.2
Inicio
Voltar
Guapuruvu após 60 anos, na Reserva Castanheiras, produziu sementes

Guapuruvu-Pg.2
Inicio
Voltar
  Veja uma Guapuruvu em outras áreas  =>  https://www.youtube.com/watch?v=9dMElTlaaKM
Descrição interessante verbalizada =>     https://www.youtube.com/watch?v=SeMbSUXUBBY
Curiosidade: Velha embarcação em Paraty, feita de um único tronco de Guapuruvu



O guapuruvu ou Ficheira é uma árvore decídua de grande porte, podendo atingir facilmente 30 metros de altura. Ela ocorre naturalmente na floresta ombrófila densa e estacional decidual. Seu tronco é retilíneo, com ramificações apenas no alto. A casca é cinzenta, com cicatrizes provocadas pela queda das folhas e lenticelas. Sua copa é alta e aberta, de pouca sombra. As folhas são alternas, grandes, com cerca de 1 metro de comprimento, e caem com o passar do tempo. Elas são compostas bipinadas, com folíolos pequenos, elípticos e opostos. As inflorescências surgem de agosto a novembro, em numerosos cachos densos, eretos, de flores amarelas e muito vistosas. Os frutos amadurecem no outono e são vagens bivalvas, de forma obovada e cor parda. Cada um carrega apenas uma semente grande, lisa, oblonga e rígida, envolta por uma asa papirácea que se dispersa pelos ventos.

O guapuruvu é uma árvore de crescimento impressionante. Ela é apropriada para jardins extensos, assim como parques e praças, modificando em poucos anos a paisagem. Além do aspecto escultural de seu caule e copa, esta bela árvore ainda nos presenteia com uma floração espetacular. Sua madeira é clara, leve e macia, prestando-se para a caixotaria, artesanato, construção civil e fabricação de canoas. Estuda-se também sua utilização como fonte de celulose. É uma espécie pioneira, indicada para recuperação inicial de áreas degradadas. Sua floração é atrativa para as abelhas.
Veja o crescimento espantoso do Guapuruvu integrando o Plano de Reversão Florestal-Agro Castanheiras em 2014,
 após 11 mêses   da data do plantio ocorrido em Março, atingiu a altura de 3,5 m.

Deve ser cultivada sob sol pleno, em solo fértil, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente no primeiro ano após o plantio. Planta higrófita, prefere locais úmidos como as margens dos rios e é capaz de tolerar encharcamento. Multiplica-se por sementes, sendo interessante a quebra da dormência através da escarificação mecânica (o tegumento da semente deve ser desgastado no lado oposto ao hilo), escarificação em ácido sulfúrico ou imersão em água quente. As sementes permanecem viáveis por muitos anos se armazenadas em local arejado e fresco.                     http://www.youtube.com/watch?v=CfCmZOaTZqA
Guapuruvu-Pg.2
Inicio
Voltar